MUITO o que fazer em POUCO tempo.

E as rotinas só tendem a piorar quando não adaptadas ou simplificadas de tal maneira que você tenha momentos para curtir a si mesmo em vez de viver em função das tarefas e obrigações diárias.

Uma das maiores frustrações que muitos de nos tem, é sentir que tem muito o que fazer e sentir que não tempo suficiente para fazer.

Mas logico que temos tempo suficiente para fazer, isso é apenas um sentimento. Todos nos tempos a mesma quantidade de horas para fazer nossas tarefas. O problema é maneira que enchemos esse recipiente do nosso dia. O problema é ter muita para caber em 24h. Se olharmos para o gerenciamento de tarefas e gestão do tempo como simplesmente um problema de organização do recipiente, torna-se mais simples.

Agora como? …

Então vamos lá. Primeiro você SIMPLIFICA, depois VOCÊ DEIXA IR.

E você deve estar tentando entender o que significa essas duas expressões e claro que vou explicar.

Quando percebemos que estamos tentando encaixar muita coisa (tarefas, recados, obrigações) em um pequeno recipiente (24 horas), torna-se óbvio que não podemos obter um recipiente maior …

Se você começar a colocar no papel tudo o que fazer durante o dia, vai perceber que grande parte é lixo e você precisa elimina-los. Observe também que você está comprometido com um monte de coisas.Esses compromissos estão enchendo sua vida. Começar a sair de alguns deles, e dizer “não” aos novos.

Agora pergunte a si mesmo: qual tarefa que você faria se pudesse fazer uma tarefa hoje? Isso ou essa deve ser o que você colocará no seu foco na próxima. Basta que uma tarefa. Você não pode fazer a sua lista inteira hoje, e você não pode fazer seus três principais tarefas agora. Então, basta se concentrar em uma tarefa importante. Uma de cada vez!

Ao escolher as suas tarefas com cuidado, você está cuidando com o recipiente de seu tempo. Você pode escolher tarefas importantes ou aquelas alegres, mas você está sendo consciente sobre as escolhas.Você está tratando-o como o dom precioso que é: limitado, valioso, a ser preenchido com as melhores coisas, e não estofadas.

E sobre o DEIXAR IR

E sobre todas as outras coisas que você quer fazer (ou sentir que você precisa fazer)? E se elas não se encaixam dentro do recipiente?

É onde a arte alegre de desapego torna-se útil.

Você tem muitas coisas para se encaixarem em seu recipiente, e você decidiu só colocar as coisas importantes e bonitas para o recipiente. Isso significa que um monte de coisas que você acha que “deve” fazer não vão caber.

Você pode chegar a isso mais tarde. Ou você não pode fazê-las. De qualquer maneira, eles não se encaixam em recipiente de hoje.

Isto em si não é um problema, mas ela só se torna um problema quando você está frustrado que você não pode caber tudo. Sua frustração vem de um ideal que você deve ser capaz de fazer tudo, que você deve ser capaz de fazer tudo em sua lista. Além do mais: você quer viajar, fazer exercício, meditar, aprender uma nova habilidade, ler mais, ser a esposa(o) perfeita(o) (ou encontrar um cônjuge), ser o perfeito pai /filho/ amigo / irmão, desenhar ou criar música, e assim por diante.

Seus ideais não correspondem com a realidade – a realidade é que você não pode fazer tudo isso hoje, ou mesmo esta semana. Você pode optar por fazer alguns deles, mas os outros terão que esperar, ou não ser feito em tudo. Saiba adaptar seus ideias de tal forma que A PRIORIDADE, o essencial e o importante sejam equilibrados  e ajustados para ter um bom dia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s